terça-feira, 31 de julho de 2012

Yoda na moda está

Um cara que eu gosto muito me disse uma vez que todo mundo é eterno e todo mundo é moderno, como um relógio antigo. Ele estava mega certo, agente é tão igual a ontem, que é tão igual a antigamente que é tão igual a amanhã. O tempo é tão estranho, sou tão antiga, já nasci idosa. A música que escuto é a que minha mãe escuta. As canções da minha adolescência eram as mesmas que minha mãe ouvia na sua adolescência. E pasmem, ainda são as mesmas, somos eternas. Essas músicas são eternas, nada modernas, agora são vintage, agora cousa velha é moderna. Dia desses ouvi dizer que rock era música de jovem, e pensei, credo, não é não. Rock é música de velho, música de jovem é qualquer cousa universitária, por que cousas universitária é moderno, ser universitário é moderno. Relógios antigos são modernos... 

Nenhum comentário: