quarta-feira, 7 de setembro de 2011

O lado negro da força


Quem sou eu?
Bem eu sou o sorriso e a ira
Sou o raio e o trovão
Sou o pântano e a tempestade
A bravura e a fúria
Sou a raiva sem melancolia
O vulcão que nunca adormece
O vilão do filme que agente ama
A canção do vento que derruba árvores
O sono dos injustos e a fartura dos cruéis



Foto: Rafa Conpton ou Fê Marques
(não tenho certeza)

Nenhum comentário: