sábado, 18 de junho de 2011

Rotina amada rotina


                                                           Dia desses estava fazendo um trabalho de veras trabalhoso para minha aula de estudos pessoanos , estava na sala de minha casa, e estava lá estrategicamente, para que enquanto eu cumpro minhas tarefas de casa da faculdade minha família possa desfrutar da minha presença, e eu da presença dela. Então a tv estava ligada, e estava passando uma matéria sobre como fugir da rotina. Levantei meus olhos do pc para dar maior atenção ao que dizia a repórter. E o que ela dizia é que o casal deve fazer de tudo o possível para sair da rotina, uma família que se permitiu cair na rotina não é uma família feliz. Fiquei ouvindo o que ela dizia e acreditem em mim ela tinha fortes argumentos, quase que me convenceu. Era tão fortemente enfatizado que a rotina era a maior destruidora de lares que até me soou como o Jaiminho que queria a todo custo evitar a fadiga, bem ela queria evitar a rotina, e mais do que isso, estava me dando ótimas dicas de como evitar a rotina. Tamanha era a certeza dela no que dizia que mais atenção eu prestava na tv e menos no meu pc onde Fernando Pessoa pacientemente me esperava. Não vou lembrar o nome da moça, mas lembro que ela usava argumento de autoridade, consultaram psicólogos, sexólogos, e não sei mais o que ólogos para reforçar o fato de que a rotina era a mais maligna das senhoras e que não há namoro, casamento ou flert que sobreviva a ela. Juro que me assustei. Deixei os estudos pessoanos pra mais tarde, aumentei o volume e fiquei ali ouvindo e vendo tudo o que me era dito, fiquei como que em uma aula, aprendendo a me livra da rotina. Depois , quando finalmente acabou a matéria e os gols da rodada me fizeram retornar ao meu amigo Pessoa eu fiquei refletindo sobra o que eu havia acabado de assistir na tv da sala da minha casa. E me dei conta de que eu sou uma pessoa feliz, de que minha família é uma família feliz, minha casa é uma casa muito feliz. E conclui que sim o amor nos une , sim temos problemas, mas sabe quem mais nos ajuda a sermos assim felizes, pasmem como eu, a rotina!Sim a rotina, aquela mesma que estava sendo crucificada como a personificação da maldade na minha tv a minutos atrás. Após longas horas de devaneio concluí que a repórter filha do Jaiminho estava totalmente equivocada no que me disse, e de nada valeu todos aqueles argumentos que ela tentou me empurrar goela a baixo com seus ólogos todos reforçando sua reportagem ridícula e pedante. A rotina é a mãe de toda relação, é na rotina que se vê as cousas de fato, é na rotina que se ama de verdade, é na rotina que conhecemos os verdadeiros amigos, deus do céu, nas grandes catástrofes todos se ajudam, mas no dia a dia se ignoram. Quando acontece algo muito ruim na nossa vida é claro que os amigos irão nos ajudar, mas e todos os dias, quem nos ajuda,e nós sempre precisamos de ajuda. No dia dos namorados é lógico que jantamos fora, compramos presentes e vamos a motéis caros, assim é fácil o amor, mas é no dia a dia que sabemos se o amor é recíproco, é com horário apertado,é com ligações rápidas, e até com o mal humor que as vezes temos.Não é nos grandes acontecimentos, é nos pequenos que a vida se constitui. Sou uma amante da rotina, e mais do que isso, sou uma defensora da rotina, gosto do dia a dia e é nele que eu tento ser feliz.

5 comentários:

Livia Marina disse...

Gostei do teu texto, e vou comentá-lo com um trecho de um meu, que também trata de rotina:


"Rotineiramente ausentes, omissos, ou presente até demais. Alguns dias companhias penosas, e nas outras fenomenais ... e mesmo assim .. únicos na vida de alguém (quando é de verdade) .. e quando falta, faz falta .. mesmo com todos os pesos e medidas, ah! sempre faz ... "

acho que a rotina sustenta e ensina sobre o outro ..e quando alguém sai dessa rotina sempre machuca .. viva a rotina!!

Shana Corrêa disse...

Bhá, quando a falta faz falta, é foda!!
Gostei, bj Lili!!

ritinha disse...

Em toda a minha vida nunca eu tinha visto alguém defender a rotina, sempre ouço falar mal, assim como a filha do jaiminho, shana eu ri muito disso.
Eu acho muito legal o teu jeito de escrever, é moderno, é leve, descontraído e muito divertido!

Shana Corrêa disse...

Bem, como a Lívia sabeamente disse:"acho que a rotina sustenta e ensina sobre o outro ..."

leone disse...

Concordo, por que cargas d'água todo mundo pinta a rotina de demônio das relações, a rotina é a maior parte da nossa vida, todos dias é rotina, o q sobra é fora do comum, agente tem q estar com quem nos ame no dia a dia!